Começo de ano é sempre assim: colocamos várias metas para cumprir e, entre elas, geralmente está a de emagrecer. Para ajudar na busca por este objetivo, muitas pessoas adotam uma dieta sem glúten, mas acabam desistindo no meio do caminho porque não conseguem adaptar um cardápio saboroso e nutritivo para o dia a dia.

O glúten é uma proteína presente no trigo, na cevada, no centeio, na aveia e no malte. Portanto, todos os alimentos feitos com esses produtos contêm glúten.

Existem pessoas que têm intolerância ao glúten, os portadores da doença celíaca, que são proibidos de ingerir alimentos com a proteína. No entanto, há aquelas que aderem à dieta sem glúten para ajudar na perda de peso. Isso porque, além de retirar produtos calóricos do cardápio, a exclusão do glúten geralmente diminui inchaços e inflamações e ajuda a regular o metabolismo e a absorção dos alimentos, o que acaba por reduzir também os quilos na balança.

Sabemos que não é nada fácil abolir os pães, as massas, a pizza, as tortas e outras delícias do dia a dia. O segredo está em adaptar as receitas e ampliar o leque de opções saudáveis sem glúten. Estão liberadas frutas secas ou in natura, verduras, legumes, raízes como cará, inhame, batata-doce e mandioca, além de tapioca, biscoito de polvilho, carnes, feijão, grão de bico e muitos outros alimentos.

LEIA TAMBÉM: 5 razões para incluir frutas desidratadas na dieta

Hoje em dia, há também muitas alternativas bacanas – e deliciosas – para atender a essa demanda, a exemplo do snack de frutas desidratadas Frootiva. 100% natural, pode ser consumido tranquilamente por celíacos ou por adeptos da dieta sem glúten, pois não contém esta proteína em nenhuma de suas versões. Veja mais aqui.

Aliás, todo produto à venda no mercado deve obrigatoriamente informar em sua embalagem se “contém glúten” ou “não contém glúten”, conforme determina a lei federal 10674.

Para não errar e dar aquela ajudinha na variação do cardápio diário, listamos aqui os alimentos permitidos na dieta sem glúten.

Alimentos permitidos na dieta sem glúten

FARINHAS e FÉCULAS: farinha de arroz, amido de milho, fubá, farinha de mandioca, fécula de batata, farinha de soja, polvilho, araruta, flocos de arroz e milho.
MASSAS: preparadas com as farinhas permitidas.
VERDURAS, FRUTAS E LEGUMES: todos, crus ou cozidos, frutas in natura ou desidratadas.
CEREAIS: arroz, milho, painço, quinoa, amaranto, trigo sarraceno.
LATICÍNIOS: leite, manteiga, queijos e derivados.
GORDURAS: óleos e azeites.
CARNES: bovina, suína, frango, peixes e frutos do mar.
OVOS
GRÃOS: feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, soja.
SEMENTES OLEAGINOSAS: nozes, amêndoas, amendoim, castanhas da Amazônia e caju, avelã, macadâmia, linhaça, gergelim, abóbora etc.
CAFÉ: procure os cafés com o selo de pureza da ABIC, pois alguns pós podem estar misturados à cevada.
BEBIDAS ALCOÓLICAS: vinho (feito da uva), aguardente de cana, rum (destilação do melaço), vermute e conhaque (derivados do vinho) e quentão (feito com aguardente, gengibre, cravo da Índia e canela).

Fonte: FENACELBRA – Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil