Ao buscar uma alimentação balanceada ou o emagrecimento, é comum a mudança de hábitos sem a devida orientação de um profissional. Inicialmente, o processo pode parecer simples, porém não é a atitude mais adequada, já que existem cuidados a serem tomados e que nem sempre nos atentamos. Um exemplo disso são os chamados vilões da dieta, ingredientes ou atitudes aparentemente saudáveis, mas que dificultam a perda de peso.

Ao iniciar uma dieta sem orientação, muitas vezes procuramos produtos que unem praticidade e baixas calorias, mas aí entram alguns enganos. Listamos alguns vilões da dieta – alimentos e hábitos que podem estar atrapalhando o processo de emagrecimento. Veja mais.

Vilões da dieta 1: alimentos diet e light

Alimentos diet são aqueles produzidos industrialmente e que excluem 100% de um determinado componente – geralmente açúcar, carboidrato, lactose ou gordura. Já os produtos light, precisam ter uma redução de pelo menos 25% de algum ingrediente.

A escolha por um alimento diet ou light pode ser benéfica à saúde em muitos casos, porém é preciso analisar bem, porque ele pode conter outro ingrediente adicionado em maior quantidade, como por exemplo acréscimo de sódio ou gordura.

Portanto, o simples fato de ser “light” ou “diet” não significa que sejam alimentos baixos em calorias. Observar os dados nutricionais na hora da compra é fundamental para evitar que esses produtos se tornem vilões da dieta.

LEIA TAMBÉM: Como introduzir produtos sem açúcar na dieta

Vilões da dieta 2: barras de cereal

Vistas como a solução para uma alimentação saudável na hora que bate aquela fominha, as barras de cereais são exemplo de produtos que podem ser vilões da dieta. Apesar de parecerem semelhantes, muitas das disponíveis no mercado contêm ingredientes como glúten, açúcar ou adoçantes artificiais em demasia. E o excesso de tais ingredientes pode afetar diretamente no controle de peso.

Por isso, é fundamental que se leia o rótulo antes da compra. Barras de aveia, por exemplo, são preferíveis no lugar de sabores mais doces. No rótulo, é aconselhável a procura por aquelas que contenham ao menos 2 gramas de fibra por porção, e com a menor quantidade (ou ausência) de açúcar.

Vilões da dieta 3: adoçantes

Os adoçantes estão na lista de vilões da dieta pois podem diminuir a atividade na região do cérebro ligada à fome, o que possibilita o desenvolvimento de compulsão alimentar. O produto acaba estimulando a fome e não “nutre” o cérebro de forma eficiente.

Além disso, em caso de hipertensos, adoçantes como ciclamato de sódio e sacarina sódica podem prejudicar a saúde, tendo em vista a quantidade de sódio em suas composições.  Portanto, a dica aqui é usar o adoçante com orientação e em quantidades moderadas.

Vilões da dieta 4: peito de peru

Associado à um café da manhã saudável, o peito de peru não deve ser consumido em demasia, pois geralmente o produto tem bastante sódio em sua composição.

A quantidade de sódio no alimento varia de acordo com a marca, mas algumas delas chegam a apresentar até 1000 mg de sódio em uma porção de quatro fatias. O valor equivale a cerca de 1 grama de sal – número alto, levando em conta que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda o consumo de, no máximo, 5 gramas por dia.

Vilões da dieta 5: queijo branco

Geralmente, o queijo branco é indicado como melhor substituto à muçarela, devido ao menor número de calorias. A afirmação está correta, porém, o caso é que as pessoas acabam exagerando no consumo, o que não é indicado. Também pesa contra o queijo branco a quantidade de gorduras saturadas que muitos deles contêm e que acabam causando um aumento nos níveis de colesterol. Por isso, cuidado com a qualidade e a quantidade consumida.

Vilões da dieta 6: jejuns por períodos prolongados

O principal problema em passar muitas horas sem se alimentar é a perda de massa magra (músculos), o que não ajuda em um emagrecimento saudável, além de atrapalhar o funcionamento do metabolismo.

As consequências de jejuns prolongados são diversas, desde mal-estar à irritação e até mau hálito. Fazer refeições regulares e adequadas durante o dia ainda é a melhor opção.

Vilões da dieta 7: dormir com fome

Ir dormir com fome atrapalha a dieta por conta dos mesmos motivos da dica anterior: o longo período sem alimentação. Além disso, vale lembrar que, ao contrário do que muita gente pensa, a fome não cessará durante o sono. E pior: ao acordar, as chances de exagero na primeira refeição são mais prováveis.

Desta forma, o ideal é comer algo leve e de fácil digestão pelo menos duas horas antes de ir dormir. Vale um chá de camomila, um iogurte desnatado, um mingau de aveia ou um snack de frutas desidratadas sem açúcar, como o Frootiva Zero.

VEJA MAIS: 7 alimentos que dão energia e combatem o cansaço